EM REPERTÓRIO

01/04/2022 11:02

Fruto Rubro de Carne Agonizante

Fruto Rubro de Carne Agonizante reúne cenas do repertório coreográfico que foram criadas pelo grupo a partir de 1997 a 2021. Simplesmente uma dança para ser compreendida como poesia bélica – corpo como manifestação política em constante desafio.
(Em memória de Magô Borges, Junior Gadelha e Franklin Zapata)

Fruto Rubro de Carne Agonizante
1. Colônia Penal – espetáculo inspirado na obra de Franz Kafka e na tortura da ditadura militar brasileira (2013). Exibição de vídeo com Júnior Gadelha e Alex Merino.
2. Não te abandono mais, morro contigo – inspirada na desilusão de dois amantes por conta da transformação de suas paixões em amor (2015). Exibição de vídeo com Magô Borges e Laia Mora.
3. Eu em ti – coreografia estimulada pela poesia de Adalgisa Nery (2001).
4. Artista da Fome – literatura de Franz Kafka (2008).
5. O Processo – a partir da obra de Franz Kafka (2003).
6. Jardim de Tântalo – inspirado no mito grego e na insanidade (2001).
7. Bent: o canto preso – apoiada no texto teatral de Martin Sherman em que retrata um romance gay dentro de um campo de concentração na Alemanha nazista (1999).
8. Carne Santa – inspirada na potência política e criativa da década de oitenta (2008).
9. Gárgulas – concebida com base na instigante beleza confinada do corpo em ruína contida nas pinturas de Lucian Freud (2004).
10. Ponto final da última cena – criação motivada pela perda da memória ocasionada pelo Mal de Alzheimer (2004).
11. Carta ao pai – com base na obra de Franz Kafka (2006).
12. Estado independente – estimulado pela ideologia política e poética de Ernesto Che Guevara (2009).
13. A Metamorfose – impulsionada pela literatura de Franz Kafka (2002).
14. Adeus deus – motivado pela poética que envolve o fim da vida através do suicídio (2005).
15. Não tive tempo para ter medo – pulsado pelo discurso poético e político de Carlos Marighella (2018).
16. Balada da virgem, em nome de deus - baseada da figura mítica de Joana D’ Arc (2018).
17. Versos íntimos – se inspirou nos sentimentos de amor e ódio (2002).
18. Pequena Fábula – baseado na obra de Franz Kafka (2021).
19. Senhor dos Anjos – espetáculo que abriga a poética do paraibano Augusto dos Anjos (2001).

FICHA TÉCNICA
Cia. Carne Agonizante: Patrícia Pina, Rafael Carrion, Renata Aspesi, Pietro Morgado e Yorrana Soares

Artista convidado: Franz
Assistência Coreográfica: Rafael Carrion
Novo arranjo da trilha sonora: Gustavo Domingues
Iluminação: Alexandre Zullu
Preparação corporal: Renata Aspesi e Yorrana Soares
Figurino: Grupo
Fotografia: Marcela Guimarães
Arte gráfica: Gustavo Domingues
Direção de Produção: Júnior Cecon

Informações Adicionais
Duração do espetáculo: 110 minutos

Gênero: Dança Contemporânea
Faixa etária recomendada: 16 anos


Newsletter - Cadastre-se para receber as novidades da Cia Carne Agonizante em seu email

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo